O Cárater do Obreiro Aprovado

 9 de dezembro de 2015  /  15:03:23 / UMASCAP  
Print Friendly

O caráter é de suma importância porque afeta a vida do Obreiro tanto para o bem como para o mal. De acordo com o caráter do Obreiro será o fruto do seu ministério e de seu reconhecimento para sociedade, para Igreja e para Deus.

Em (1Tm 3.1- 16) podemos tirar o caráter do Obreiro do Senhor. Paulo aplica vários deveres para com aqueles que querem ou são Obreiros do Senhor. Vamos ver o  ponto a ponto destes requisitos.

Paulo começa dizendo “se alguém deseja; excelente obra deseja”, mas em (1Tm3.2) ele diz “CONVEM” ou seja, tem que ter essas qualidades ou virtudes para ser um Obreiro e não só um Obreiro, mas um excelente Homem de DEUS e Obreiro aprovado por DEUS na sua obra. No (Salmo 101.6) diz que DEUS procura os fiéis da terra, para que estejam com ele e esse o servirá, ou seja, será um grande instrumento Dele na terra e na sua obra. Por que muitos Obreiros não progridem em seu ministério e também não vão adiante? Por que lhe falta o caráter que DEUS deseja que esteja presente em sua vida (At 23.1).

1º Requisito:

Irrepreensível (1Tm 3.2), ou seja, um homem cuja maneira de viver, reputação e atitudes não podem sofrer qualquer reprovação. É bom associar com “mas sê o exemplo dos fiéis” (1Tm 4.12).

2º Requisito:

Marido de uma mulher (1Tm 3.2): o Obreiro tem prestar a sua esposa o devido respeito em todos os sentidos dentro e fora do lar. A obra do Senhor tem sofrido muito por causa de muitos Obreiros que não sabem lidar com o sexo oposto; Que DEUS conceda fidelidade matrimonial a todos que desejam o ministério. Quando digo DEUS conceda, não que DEUS permite-nos pecarmos, mas que ele nos ajude e nos fortaleça para não darmos lugar ao diabo e a carne. Quando a BIBLIA diz “marido” está associado a tratar a mulher com respeito e amor como vaso mais frágil e não como carrasco, bruto e autoritário dentro de nossos lares e fora. Vamos ser maridos e Obreiros segundo o modelo que a BIBLIA diz e ordena a todos nós. (Ef 5.25-33).

3º Requisito:

Vigilante (1Tm 3.2): ou seja, diligente, cauteloso. São chamadas de vigilantes e temperantes uma pessoa que é moderada nos seus apetites quanto à bebida, comida, sexo e todas as coisas que diz respeito de si.

4º Requisito:

Sóbrio (1Tm3.2): ou seja, sensato, cordato, prudente, sem luxo, sem excessos. Ter autocontrole, moderado, prudente em todas os aspectos da vida. É humilde, não se precipita. É prudente aguardando no seu DEUS.

5º Requisito:

Honesto (1Tm3.2) : convém ao Obreiro ser honesto em tudo. Tanto no sentido interior como no exterior. Em todos os aspectos de sua vida. O Obreiro que não for honesto logo perderá a autoridade e convicção do seu ministério para com todos, portanto convém ao Obreiro guardar está virtude em sua vida, pois, muitos darão valores especiais ao seu ministério.

6º Requisit:o

Hospitalidade (1Tm3.2) : a hospitalidade é uma das “estacas” do ministério do Obreiro, pois hospitalidade significa: “que acolhe com satisfação”. O Obreiro tem que ser hospitaleiro com todos aqueles que vir até si, e em todos os aspectos da sua vida para com o próximo deve ser hospitaleiro. Quantos Obreiros são incomunicáveis e achegados. Não dão acesso a ninguém. A BIBLIA diz em (Hb 13.2) “Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos”. Vamos ser comunicativos e amorosos.

 Requisito:

Apto para ensinar (1Tm3.2) : o ensino é parte fundamental para levar o povo de DEUS a maturidade. O Obreiro tem que ser apto para ensinar. Em vários ministérios e Igrejas o ensino é de responsabilidade do Pastor, mas como estamos tratando de Obreiro deve buscar e estudar todos os assuntos ligados à salvação e a Igreja para que quando for designado para algum ou qualquer tipo de estudo ele não venha se embaraçar, mas seja apto e digno de ser ouvido e respeitado, ou seja, pregue o que está vivendo, e seja um Obreiro aprovado naquilo que ensina a Igreja.

8º Requisito:

Não dado ao vinho (1Tm3.3) : Não beber nada que é embriagante ou alcoólico, pois tira a identidade do Obreiro. Para maior profundidade no assunto é conveniente que o Obreiro estude sobre o vinho no Antigo Testamento e no Novo Testamento.

9º Requisito:

Não espancador (1Tm3.3): Há muitos Obreiros que não tem este ponto, pois são espancadores, ou seja, brigão e valentão. Gostam de tirar satisfação e ao mesmo tempo revidar com palavras no púlpito em pregações etc… No lar, na vida particular e em todos os aspectos o Obreiro tem que ser equilibrado.

10º Requisito:

Não ser cobiçoso de torpe ganância (1Tm3.3) : a cobiça e a ganância é uma das maiores inimigas do Obreiro. Todo Obreiro deve ser moderado e equilibrado no que toca a este assunto. Muitos Obreiros são tachados de aproveitadores e insatisfeitos por não terem virtude em sua vida. O Obreiro que falha aqui estará em queda e no caminho da derrota. Leia (At 20.28-36).

11º Requisito:

Moderado (1Tm3.3) : virtude essa que evita qualquer tipo de excesso, seja, em qualquer situação em que se encontrar. Convém ao Obreiro ser moderado e modelo para a Igreja em moderação.

12º Requisito:

Não contencioso (1Tm3.3) : o Obreiro deve ser uma pessoa sem dívida e reclamações, digo no sentido e aspecto espiritual de sua vida, não deve ser uma pessoa que gere contendas e nem a provoque, Leia (2Tm 2.24;Rm 12.16-21;14.19; Ef 4.1-3)

13º Requisito:

Não avarento (1Tm3.3) : ou seja, que não dá, mesquinho. Convém ao Obreiro de SENHOR não ser mercenário fazendo do seu ministério fonte de enriquecimento ou lucro próprio. A obra de DEUS tem recebido um certo descrédito por causa de Obreiros avarentos que fazem da Igreja ou ministério ganho ou fonte de enriquecimento particular e leviano por sua parte. Há muitos exemplos que poderíamos tirar das SAGRADAS ESCRITURAS de homens que caíram por causa da avareza. (Js 7.21; Nm 31.15-16 e 22.5-23. 8; Jd 11. Mt 26.14-16).

14º Requisito:

O governo familiar (1Tm3.4,5) : quantos Obreiros são irrepreensíveis em todos os aspectos ministeriais, mas quando se trata ou entra na área familiar são reprovados. O lar é o primeiro lugar onde o Obreiro deve realizar e executar os requisitos da obra do SENHOR, sendo um bom pai, cabeça, administrador, Obreiro, servo, crente, filho de DEUS e todos os assuntos tocantes a seu ministério.

15º Requisito:

Não Neófito (1Tm3.6): pessoas que se converteram há pouco tempo ao evangelho traduz também como sem raiz. O Obreiro deve ter maturidade espiritual. Quantos Obreiros crianças, meninos na obra do SENHOR. A maturidade é de suma importância na vida do Obreiro e se ele não for maduro não terá muito proveito. Sempre necessitará de alguém para guiá-lo e socorrê-lo em muitas enrascadas. Devemos lembrar de JOÃO MARCOS que voltou do campo por não ter maturidade da responsabilidade que assumia, portanto convém ao Obreiro Ter maturidade.

16º Requisito:

Bom testemunho (1Tm3.7) : fala-se de uma vida pública irrepreensível para com os de fora. Quantos Obreiros que na Igreja tem uma certa credibilidade afetada por não ser testemunha verdadeira e real de seu serviço ministerial, pois todos esperam que o Obreiro seja uma testemunha primordial e exemplar para a Igreja e a todos que convém seja verdadeiro e não falso porque logo nossas atitudes vão soar mais do que nossas palavras.

 

Texto adaptado

Texto original: http://pbdiego.webnode.com.br/products/produto-2/

 

 Você também pode gostar:

 Comentários

Bíblia Online

Busca na Bíblia


Versículo do dia

Versículo Diário

E os guiou com segurança, que não temeram; mas o mar cobriu os seus inimigos. (Salmos:78:53)

Últimos Vídeos


Pedido de oração

img